Cirurgia da Obesidade (Bariátrica) | 71 3505-3350 / 8802-3774

FAQ


Quanto tempo demora o preparo pré-operatório?

Em torno de um a dois meses, alguns pacientes necessitam de um preparo psicológico maior, logo demorando um pouco mais.

Existe risco na cirurgia bariátrica?

Sim, toda cirurgia tem risco e a cirurgia bariátrica é uma operação de grande porte, portanto tem risco.
A mortalidade (probabilidade de óbito) situa-se abaixo de 1% na maioria dos trabalhos publicados na literatura médica.

Qual é a melhor técnica operatória?

Não existe técnica perfeita em cirurgia bariátrica. A técnica deve ser escolhida levando-se em consideração vários fatores como: perfil dietético e psicológico do paciente, risco cirúrgico, necessidade de perda ponderal. Devemos considerar os aspectos individuais de cada paciente e escolha da técnica deva ser compartilhada com o doente.

Qual é a técnica mais utilizada?

A Derivação gástrica (cirurgia de Fobi-Capella) é a que mais utilizamos. Trata-se de técnica que associa restrição (o paciente come bem menos) com um pouco de disabsorção( a absorção dos alimentos fica diminuída) devido a um desvio intestinal. A perda de peso é maior que a oferecida pelas técnicas restritivas (banda gástrica e gastrectomia vertical) variando entre 30 a 40% de perda em relação ao peso inicial.

Existem vantagens em fazer a cirurgia por vídeo?

São inúmeras as vantagens para o paciente, como: menor incidência de complicações relacionadas à parede abdominal (seromas, infecções e hérnias incisionais), retorno rápido às atividades laborativas, menos dor, menor incidência de complicações pulmonares e melhor resultado estético.

O que é IMC?

É o Índice de massa corpórea, é utilizado para se classificar o peso. É um cálculo que se faz dividindo-se o peso pela altura ao quadrado, através deste cálculo se faz a classificação da obesidade.  Fórmula   IMC=P/A2

Como é a anestesia?

A anestesia é geral, o paciente fica desacordado e entubado, é submetido a ventilação mecânica durante o período da operação.

Na cirurgia de Fobi-Capella, de que tamanho ficará meu novo estômago?

O novo reservatório gástrico terá cerca de 30 a 50 ml. Porém a parede gástrica é elástica, e após alguns meses ocorre uma adaptação da bolsa gástrica associado à mastigação eficiente. O paciente consegue comer 25 a 30% do volume que ingeria antes da cirurgia e sente saciedade precoce.

De que são feitos os grampos utilizados no estômago?

São feitos de Titânio, um material inerte. Permanecem indefinidamente no paciente e não interferem no organismo.

Quantos dias ficarei internado? Irei para a U.T.I.?

Os pacientes permanecem no hospital em torno de dois dias,. Poucos precisam de U.T.I. no pós-operatório, a maioria fica em torno de duas horas na recuperação anestésica e vão para o apartamento quando estão totalmente acordados.

Em relação às atividades físicas, como é a  recuperação?

Logo no pós-operatório imediato quanto mais o paciente caminhar, melhor. Isto diminui a probabilidade de trombose venosa e atelectasia pulmonar; acelera o retorno da atividade intestinal (diminuindo os gases e as dores abdominais). O paciente pode subir e descer escadas e pode deitar de lado. Pode dirigir automóvel após 7 a 10 dias e realizar suas atividades laborativas. O retorno às atividades sexuais ocorre  em torno de 15 dias após o procedimento.

Evitar pesos e abdominais por 15 dias para cirurgia por vídeo e 45 dias para cirurgia convencional. O paciente deve desenvolver atividades físicas regulares progressivamente, pacientes que realizam atividades físicas no pós-operatório emagrecem mais e com mais saúde.

Após a fase de adaptação alimentar o que o paciente pode comer qualquer alimento?

A maioria dos alimentos. Entretanto, alguns (carne vermelha, pão, farinha…) serão mais difíceis. O segredo principal é mastigar muito bem os alimentos, triturá-los até que formem partículas diminutas.

Todos os pacientes emagrecem igual?

Não. As cirurgias bariátricas são instrumentos que contribuem para a perda de peso, com sucesso (perda > 50% do excesso de peso) em torno de 95% dos casos. Entretanto, mesmo nos casos onde a operação foi bem sucedida há uma grande variação da perda ponderal. Os fatores que contribuem para maior perda de peso são: atividade física regular, dieta equilibrada e acompanhamento pós-operatório com a equipe multidisciplinar.

Mulheres operadas de obesidade mórbida podem engravidar?

Sim, solicitamos às doentes que evitem gestação no período de emagrecimento mais importante (12 a 18 meses). Após esse período fica inclusive mais fácil engravidar pois a obesidade está relacionada com infertilidade. Muitas vezes a gestação após este período é muito mais segura pois a obesidade e hipertensão estão relacionadas à doenças como a eclampsia, e após a cirurgia esse risco diminui.

  • Reunião de Grupo
  • Artigos do BCG
  • O que falam do BGC
  • Informativo BGC




CENTRO MÉDICO HOSPITAL ALIANÇA - Av. Juraci Magalhães Junior, 2096 7° andar Sala 702, Rio Vermelho, Salvador, BA CEP: 41.940-060.
Tel: 07135053350 | 07188023774 | dr.ettinger@gmail.com

DEUS SEJA LOUVADO!

Desenvolvido em: WordPress | Posts (RSS) e Comentários (RSS).

Dr. João Ettinger © 2017 | Todos os direitos reservados.

Zoup Web Agência - A Agência Web de qualidade.